Ministro do STF nega anular buscas ordenadas pela primeira instância em gabinetes da Câmara

By Sanchilis Oliveira - 20:45

Foto: Divulgação 

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Marco Aurélio Mello negou, nesta quarta-feira (29), o pedido da Câmara dos Deputados para anular buscas feitas no gabinete do deputado Paulo Pereira da Silva (SD-SP), autorizada pela justiça da primeira instância, informa Camila Bomfim no G1.

Na decisão, Mello diz que as buscas não têm relação com o mandato atual do deputado e, por isso, não são alcançadas pelo foro privilegiado a que o parlamentar tem direito. No pedido, a Câmara argumentava que esse tipo de ação nos gabinetes precisaria de uma autorização prévia do Supremo.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!