[OPINIÃO] Escada terá uma disputa eleitoral de três fatores

By Sanchilis Oliveira - 15:04

Mary Gouveia, Lailton Nogueira e Klaus Lima, todos pré-candidatos a prefeito de Escada.
Fotos: reprodução

A eleição municipal de 2020 para a prefeitura de Escada deverá ser protagonizada por três figuras políticas, o candidato apoiado pelo atual prefeito Lucrécio Gomes (PSB), o secretário de  Desenvolvimento Econômico Klaus Lima (sem partido), a ex-deputada estadual Mary Gouveia (PL), e o ex-vice-prefeito de Escada Lailton Nogueira (sem partido).

Essas três figuras deverão protagonizar na cidade uma disputa acirrada e com bastante surpresas, isso porque os grupos estão se organizando para contar com o maior número de apoios partidários, além do maior número possível de candidatos a vereador.

Três fatores podem ser decisivos na competitividade dos candidatos a prefeito de Escada em 2020, o candidato a vice-prefeito que irá compor chapa, o número de partidos e candidatos a vereadores na base de apoio, e as condições mínima de estrutura eleitoral e logística para tocar os 45 dias de campanha.

Um fator extra nesta disputa, é a possível candidatura do ex-prefeito Zé Alves (MDB), que também colocou seu nome a disposição para pleitear seu retorno ao comando da prefeitura de Escada, após 15 anos fora do poder.

Os apoios dos pré-candidatos que desistiram da disputa eleitoral para a prefeitura, também poderá ser um fator de peso na montagem dos palanques majoritários para a sucessão municipal.

Uma coisa já é dada como certa, o peso dos vices, o número de vereadores, e os apoios partidários são somas essenciais na competitividade dos projetos políticos que desejam chegar ao comando da cidade de Escada.

E até o carnaval de 2020, muitas águas vão rolar.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!