Frente de Combate ao Suicídio anuncia audiência pública com secretário de Saúde na Alepe

By Sanchilis Oliveira - 17:36

DEBATE – Encontro foi agendado para 13 de novembro. Objetivo é obter dados para construir plano estadual de combate à automutilação e ao suicídio. Foto: Roberto Soares

Foi instalada oficialmente na Alepe, nesta quarta (6), a Frente Parlamentar de Combate à Automutilação e ao Suicídio. O colegiado, que é coordenado pelo deputado Diogo Moraes (PSB), deverá fazer sua primeira audiência pública no próximo dia 13 de novembro, às 16h30. O encontro terá a presença do secretário estadual de Saúde, André Longo.

“Há um tabu sobre o assunto, mas temos a necessidade de obter dados para trabalhar por um plano estadual de combate à automutilação e ao suicídio, atuando, sobretudo, na questão da saúde mental”, ressaltou Moraes. “Vamos convocar todas as secretarias relacionadas ao tema: primeiramente, Saúde, e depois Educação, Justiça e Direitos Humanos (SJDH), Desenvolvimento Social, Criança e Juventude (SDSCJ) e Defesa Social (SDS)”, informou o parlamentar.

Uma das propostas do deputado é que o Samu possa replicar em Pernambuco o projeto criado em Brasília para oferecer um serviço de urgência especializado em atendimento psicológico. A iniciativa foi apresentada no Seminário Regional da União Nacional dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale) realizado na Alepe no dia 3 de outubro. “O apoio dessa entidade servirá para que vários Estados possam criar planos ao mesmo tempo”, contou Moraes.

“Também teremos a experiência de ex-prefeitos, professores, médicos e pessoas ligadas a comunidades terapêuticas. É um grupo amplo, que buscará discutir a promoção da vida”, complementou o coordenador do colegiado. Ainda integram a Frente os deputados Delegado Erick Lessa (PP), Gustavo Gouveia (DEM), João Paulo (PCdoB), José Queiroz (PDT), Pastor Cleiton Collins (PP), Priscila Krause (DEM), Professor Paulo Dutra (PSB), Roberta Arraes (PP), Simone Santana (PSB), Teresa Leitão (PT) e William Brigido (REP).

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!