Opinião: Será que agora vai? nem ser manco, nem ser gago prefeito!

By Sanchilis Oliveira - 17:30

Prefeito em exercício Keko do Armazém, com o prefeito afastado Lula Cabral. Foto: divulgação


Por: Lio da Sulanca

A semana que passou, foi marcada na política cabense pela decisão da Justiça Federal em afastar por tempo indeterminado do cargo de prefeito da cidade, Lula Cabral que já se encontrava ausente (depois de estar preso por algumas semanas e cumprindo medidas cautelares, mesmo assim recebendo R$ 25 mil mensais da coletividade) há seis meses!

A decisão, foi "comemorada" e, ao mesmo tempo, recebida com "tristeza" nas hostes do governo municipal. Dividiu - literalmente falando - a opinião do primeiro escalão do interino (alguns secretários tinham prazer de lhe chamar assim) Keko do Armazém!

Pode parecer surreal mas, semanas antes, durante uma entrevista concedida por Keko do Armazém a uma rádio do Recife, o secretário de governo Paulo Farias (que serviu durante toda a entrevista como uma espécie de "moleta" de Keko) chegou a "profetizar" em tom comemorativo, o retorno de Lula Cabral para o dia 15 de julho, próximo passado. Deu com os burros n'água!

Essa "dualidade" no primeiro escalão do governo, persiste! Uns choram, outros riem e, fica evidente para quem observa o cenário que Keko do Armazém terá que ter muito pulso (moral e político) para reafirmar sua autoridade enquanto prefeito de fato e de direito (agora de maneira inequívoca).

O "hard work" de Keko do Armazém não é somente em unificar os pensamentos do primeiro escalão. Se comenta nos corredores do palácio Joaquim Nabuco que o prefeito também tem tido muita insônia em relação a se será ou não o "ungido" de Lula Cabral nas eleições do próximo ano! Há concorrentes inclusive no primeiro escalão e na família do "Chefe" que tem deixado Keko com as barbas de molho.

O certo mesmo é que Keko precisa governar! Precisa dar a "cara" dele a sua administração e, fatalmente terá que mexer em algumas peças do seu tabuleiro nem que seja só pra "encenar", "jogar pra plateia", como se diz no popular. Do jeito que está, não dá pra ficar! Se ficar, esse visgo de jaca (Escândalo da Operação "Abysmus", prisão de Lula Cabral) não vai sair de jeito nenhum das mãos do atual prefeito!

Na história, na Roma antiga, o Imperador Romano Cláudio, que teria tudo para não dar certo por uma série de razões, deficiências físicas (era manco e gago), complexo de inferioridade e inabilidade política (era considerado tolo por quem o cercava) durante o seu governo deu a volta por cima, fez Roma prosperar e se expandir e foi querido pelo povo.

Espelhe-se em Cláudio, prefeito Keko! Agora, só não pode ser "manco" nas opiniões nem "Gago" nas decisões"! Firmeza, prefeito!

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!