Presidente do Novo em Jaboatão afirma que gestões, Elias Gomes e Anderson Ferreira, são "ausentes e cheias de denúncias"

By Sanchilis Oliveira - 16:55

Imagem: Divulgação

Em entrevista ao Blog, o presidente do Partido Novo em Jaboatão dos Guararapes, Rômulo Felix, pontuou o cenário das eleições de 2020, e a participação da sigla nas articulações para a disputa que virá, alfinetou também o ex-prefeito Elias Gomes (PSDB), e o atual prefeito, Anderson Ferreira (PR).

Confira a entrevista:

Blog: Qual a projeção do Novo para 2020 em Jaboatão?

Rômulo Felix: Dentro  do  planejamento do partido, respeitando e alcançando todas as  metas  que são inerentes à uma instituição que prega a meritocracia, em 2020 teremos o diretório  municipal  em Jaboatão consolidado, e  com certeza  representantes na câmara de vereadores.  
Sabemos que para  isso ocorrer  temos que trabalhar  para difundir o Novo.  E esse  trabalho já está sendo  feito. Acreditamos em uma votação expressiva para solidificar o partido no município ocupando definitivamente  seu espaço na cidade.

Blog: O partido sobreviveu a cláusula de barreira em 2018, mas ainda é um partido pequeno no âmbito nacional, quais os desafios a serem superados dentro do Novo?

Rômulo Felix: Devemos nos ater  ao contexto  da municipal de Jaboatão. No entanto  dando  uma rápida panorâmica sobre sua pergunta realmente superamos a cláusula de barreira com poucos anos de fundação, e só ressaltando, se mantivermos o mesmo desempenho crescente de 2018 em 2022 também alcançaremos  o patamar eleitoral que será bem mais desafiador aos partidos. Na contra mão  do que conquistamos, velhos partidos que estão a muito mais tempo na estrada  (PHS,  PCdoB,  PMN , REDE,  PATRIOTA  entre outros ) sucumbiram ou se uniram  para  poder continuar  válidos. Temos a convicção  que o crescimento  será  contínuo tendo  em vista  a visibilidade  que o Partido  ganha  a cada pleito, elegendo candidatos que obrigatoriamente passam por processo seletivo e tem um compromisso  moral e ético com o mandato e por extensão  com os eleitores. Por isso o maior  desafio é  manter o "Padrão  Novo " de lançar candidatos.

Blog: Jaboatão deverá ter de uma lado o prefeito Anderson Ferreira, do outro o ex-prefeito Elias Gomes, como o novo pretende vencer essas duas forças? Ou há possibilidade de aliança?

Rômulo Felix: Sua pergunta é oportuna. Vamos observar pelo prisma privilegiado de ter 2 gestões  recentes, Elias  Gomes  02 mandatos  e Anderson  Ferreira em mais da metade do primeiro mandato  e com pretensão de lutar pelo segundo. 
Não vou entrar  no  mérito da qualidade dos gestores, não vamos falar em "Vencer A ou B",  fazemos  política  de forma  agregadora e ética,  erros  e acertos são ônus e bônus  de quem está para gerir. 
Vou direto ao cerne da questão: O que realmente nos faz ter um parâmetro para poder pontuar a satisfação da sociedade, é  justamente a caixa de ressonância que é a população.
Ouvimos as vozes das pessoas e ouvimos os ecos, não tem pesquisa  melhor  do que a voz  do povo,  repito erros e acertos fazem parte do processo, no entanto se a um alto índice de insatisfação das pessoas, gestão  ausente,  denúncias diversas, obras inacabadas e tantas outras situações levantadas  pela população, vamos procurar entender o que levou à isso é dentro dessa perspectiva encontrar a resolução do problema. 
O Partido Novo não descarta coligação, em prol de um  projeto para o crescimento do município e bem estar  das pessoas. Todavia  posso antecipar com certeza que faremos uma aliança com a sociedade.

Blog: Para a câmara de vereadores  qual o projeto do Novo? Quais as prioridades?

Rômulo Felix: Sempre  existiu  uma renovação a cada legislação  na câmara de vereadores. E isso  é  um vácuo  deixado  pelos parlamentares. O que está  latente no município é  justamente  essa falta de  ligação  entre  o parlamentar  e o povo. A atuação e o desempenho  condizente  com a função. O significado  da palavra  vereador que vem do latim "verear " é  justamente  essa. Zelar pelo  tranquilidade e bem estar do povo. Vamos fazer o processo  seletivo  para definir  candidatos  que realmente  estejam  capacitados  e voltados  para fiscalizar  o executivo  e estar próximo  às pessoas.

Blog: O novo em caso de candidatura própria, fará o que para atrair aliados e outras siglas?

Rômulo Felix: Em caso de candidatura do Partido Novo a majoritária em Jaboatão iremos trabalhar  no intuito de ouvir a sociedade e apresentar um plano de governo factível, moderno e que atenda  os  anseios da população a curto e médio prazo. A questão  principal  para ter capilaridade  no município  e ganhar  musculatura política durante o pleito é uma estratégia que já está desenhada dentro  de uma futura  disputa. E com relação a atrair outras siglas, estamos  abertos  a conversas. No entanto com a condição de estar alinhado com as idéias e propostas do Partido Novo.

Blog: Quais nomes são cogitados para as eleições de 2020?

Rômulo Felix: Qualquer  pessoa pode se lançar candidato  no Partido Novo, desde que seja ficha  limpa, seja filiado ao Novo e passe  no processo seletivo. Existem vários filiados com perfil técnico  e com retidão de caráter  para encarar um pleito em Jaboatão representando o Partido Novo  .

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!