Coluna desta quarta-feira 30/01/2019 - Mulheres na disputa pelo poder em Ipojuca

By Sanchilis Oliveira - 17:53

Simone Santana, Célia Sales, e Débora Serafim. Fotos - Divulgação

O município de Ipojuca, que é a segunda cidade com maior arrecadação financeira do estado de Pernambuco, protagonizou nas últimas eleições municipais de 2016, um episodio atípico na política local. O Impedimento do prefeito eleito, Romero Sales (PTB), que derrotou Carlos Santana (PSDB), marcou a história de Ipojuca, com as eleições suplementares o cabo de guerra pelo poder, acabou sendo de Romero, que mesmo barrado pelo TSE de exercer seu mandato, elegeu sua esposa, Célia Sales (PTB), para governar a segunda cidade mais rica do estado.
Ligados ao senador Armando Monteiro (PTB), os Sales andam num campo oposto ao ex-prefeito Carlos Santana, e a sua esposa e deputada estadual Simone Santana (PSB), ligados ao governador Paulo Câmara, que saiu fortalecido das urnas em 2018, se reelegendo, e elegendo os senadores Humberto Costa (PT), e Jarbas Vasconcelos (MDB).

As eleições de 2020, devem reeditar a disputa pelo poder em Ipojuca, devem disputar o pleito, a prefeita Célia Sales, e a deputada Simone Santana, reeleita deputada em 2018. No grupo dos Sales as eleições de 2018 também lhes deram bons frutos, pois Romero Sales Filho (PTB), foi eleito deputado estadual. 

Com Célia e Simone batendo chapa, a eleição poderá ser polarizada nas terras ipojucanas, duas forças políticas vivas e presentes na opção do eleitorado local. Mas vale salientar que há movimentações do ex-prefeito Pedro Serafim na montagem de um grupo de terceira via, sendo o nome natural para representar na disputa, a ex-vice-prefeita de Sirinhaém, Débora Serafim (PSC), que mesmo não sendo eleita na disputa por uma vaga na Alepe em 2018, ficou em terceiro lugar na quantidade de votos obtidos em Ipojuca.

A prefeita Célia Sales, que transferiu para seu filho o dobro de votos que Simone obteve em Ipojuca, mostra que mantém a preferência no eleitorado de Ipojuca, a petebista deu a Romero mais de 14 mil votos, enquanto Santana obteve pouco mais de 7 mil votos.

Poderá não ser fácil a luta pela reeleição, mas um fato é certo, a prefeita está na preferência do voto dos ipojucanos, mas como eleição é uma caixa de surpresa, qualquer descuido poderá lhe render uma derrota, por esse motivo se faz necessário não relaxar na gestão, e manter o capital político e a aprovação do governo.

Por outro lado, o palácio estuda possibilidade de derrotar seus oposicionistas em Ipojuca, que mesmo perdendo as eleições majoritárias com o senador Armando, saíram fortalecidos com um mandato para a Assembleia Legislativa de Pernambuco. 

As eleições de 2020, poderá protagonizar pela primeira vez em Ipojuca, uma disputa majoritariamente feminina pelo controle do governo municipal.

Primavera: Quem anda se articulando para pleitear mais uma vez a prefeitura é o empresário, Eudo Magalhães Junior, desta vez conta com o apoio do estadual Clodoaldo Magalhães (PSB) (seu irmão) deputado federal, André de Paula (PSD). Eudo deverá contar com o PSD, partido pelo qual deverá disputar as eleições do próximo ano.
Saneamento: Na manhã desta quarta-feira (30) o presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento (Aesbe), Roberto Tavares, reforçou, mais uma vez, que a entidade não concorda com o artigo 10C da Medida Provisória nº 868, que substituiu a MP 844, e que altera o Marco Legal do Saneamento, durante reunião com o secretário Nacional de Saneamento Ambiental, Jônathas de Castro, que recebeu a associação nesta quarta para ouvir as sugestões de alterações da referida MP.

Concurso: Acontecem, neste domingo (03/02), as provas para o concurso público para preenchimento de 140 vagas para Agência de Defesa e Fiscalização Agropecuária de Pernambuco (Adagro), que serão aplicadas pela Comissão de Concursos do Instituto de Apoio a Universidade de Pernambuco (Conupe/Iaupe). O concurso será realizado em uma única etapa, composta de prova objetiva de conhecimentos, contendo 50 questões objetivas de múltipla escolha, de caráter eliminatório e classificatório, que serão aplicadas no Recife, Nazaré da Mata, Garanhuns, Caruaru, Palmares, Arcoverde, Salgueiro e Petrolina, em horários estabelecidos no cartão informativo de cada candidato. A Comissão esclarece, para evitar transtorno no dia da prova, que os candidatos só terão acesso ao local de prova portando, exclusivamente, caneta esferográfica de tinta preta ou azul, fabricada em material transparente, o Cartão Informativo e documento de identidade original.

Posse dos Deputados: Próximo dia 01/02 (sexta-feira), os deputados estaduais e federais devem tomar posse dos seus respectivos mandatos, na Alepe a cerimônia de posse está marcada para as 15 horas. Os deputados eleitos para a 56ª legislatura da Câmara dos Deputados serão empossados no dia 1º de fevereiro de 2019, sexta-feira, às 10h, em sessão no Plenário Ulysses Guimarães.

Pergunta que não quer calar: O palácio investirá quanto do seu capital político e do seu poder para derrotar Célia Sales em Ipojuca?

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!