Filho de Eduardo Campos toma posse como novo chefe de gabinete do Governo de Pernambuco

By Sanchilis Oliveira - 23:03

Blog de Jamildo

O novo chefe de gabinete do Governo de Pernambuco, João Campos, filho do ex-governador Eduardo Campos, rebateu as críticas nas redes sociais a respeito de ter sido indicado para assumir o cargo com apenas 22 anos. “Acredito que estou, sim, preparado para desempenhar essa nova função”, disse o jovem após solenidade de posse, na tarde desta quinta-feira (18), no Palácio do Campo das Princesas.

João alegou que também estava preparado para as críticas e que iria respondê-las “com muito trabalho e dedicação”. “Observei as redes sociais e vi, na maioria, comentários positivos de gente da periferia do Recife, do interior, da Zona Rural. O que não admito é uma crítica recheada de preconceito. Eu acredito que ninguém deve ser prejulgado por ser filho de Francisco, de A ou de B”, disparou.

“Cada um deve ser respeitado e deve ser medida sua competência pelo trabalho e pelo serviço que vai ser prestado. Aqui vou desempenhar como tudo que fiz na minha vida: darei o melhor de mim”, acrescentou João.

O jovem diz que recebeu com alegria a indicação e que, além de contribuir com as demandas do gabinete, tem a função de “servir ao povo”. “Acredito que será um desafio, mas o desejo de acertar, de unir e de servir ao povo é muito maior que qualquer desafio que encontrarei pela frente”, ressaltou.

Ainda de acordo com João, o cargo exige alguém que conheça os desafios da política e da máquina pública e dispensou modéstia. “Posso dizer que isso aí eu conheço muito bem. Vou estar empenhado a aprender sempre e buscar ajuda quando necessário. A humildade associada com a disposição de servir e trabalhar dá certo e vocês verão”, prometeu.

Além de políticos, a posse do jovem foi prestigiada por toda sua família. A mãe Renata Campos, a avô Ana Arraes, ministra do TCU, e o tio Antônio Campos, candidato em Olinda nas eleições deste ano, participaram do evento.

Em seu discurso de posse, João relembrou a trajetória do pai, que iniciou a carreira política como chefe de gabinete do governo de Miguel Arraes também aos 22 anos. “Ser filho de Eduardo e bisneto de Arraes não é algo que me acomode, mas, sim, que me inquieta, me faz sempre procurar ir além, ser incansável na luta de igualdade de oportunidade”, afirmou. Confira no vídeo:

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!