Comentário do ministro da Fazenda sobre possível ida do hub da Latam para Fortaleza repercute na Alepe

By Sanchilis Oliveira - 08:28

Parlamentares divergiram ao interpretar declarações de Joaquim Levy sobre centro de conexões de voos.

Alepe
 Foto: Portal da Copa/ME
Uma declaração do ministro da Fazenda, Joaquim Levy, referente à possível definição de Fortaleza como sede do hub da Latam, ganhou repercussão na Assembleia, nesta quinta (15). O gestor da pasta federal abordou o tema durante audiência pública na Câmara Federal, na quarta (14). Além do Ceará, estão na disputa pelo centro de conexões Pernambuco e Rio Grande do Norte. Primeiro a comentar o assunto, Aluísio Lessa (PSB) disse que, apesar de reunir melhores condições, Recife estaria sendo preterido por falta de articulação política. Já o líder da Oposição, deputado Sílvio Costa Filho (PTB), criticou tal posicionamento, defendendo que essa interpretação da fala de Levy “apequena” a discussão.

“Os representantes de Pernambuco no Governo Federal devem uma resposta aos 49 deputados estaduais que subscreveram um documento técnico em defesa da vinda do hub da Latam para o Recife”, cobrou Lessa. O parlamentar também fez críticas à possível desarticulação política e falta de empenho de senadores e deputados federais pernambucanos, bem como do ministro de Desenvolvimento da Indústria e do Comércio Exterior, Armando Monteiro.

Em resposta ao discurso do socialista, o líder da Oposição argumentou que a empresa segue lógica de mercado e irá se instalar na localidade com melhores condições técnicas e econômicas. “Dizer que já houve definição política sobre o assunto é falacioso e equivocado”, ponderou. Segundo o petebista, é preciso superar as divergências partidárias para continuar na disputa. “O momento é de união e estou certo que Pernambuco é o melhor no critério técnico”, complementou.

Também participaram das discussões, por meio de apartes, os deputadosLula Cabral (PSB), Odacy Amorim (PT), Rodrigo Novaes (PSD), Teresa Leitão (PT) e Romário Dias (PTB). “Prefiro acreditar que essa definição prévia não passa pelo gabinete da presidente da República”, disse Novaes. “O momento não é para avaliar a influência política de cada ministro. Meu conselho é reunirmos forças, pois o anúncio oficial ainda não saiu”, concluiu Amorim.

ENTENDA A DISPUTA – Recife, Fortaleza e Natal estão concorrendo para receber o hub que a Latam vai instalar na região Nordeste a partir de 2016. Nos últimos meses, as três capitais apresentaram documentos técnicos e propostas para atrair o empreendimento. A decisão oficial somente deve ser divulgada em dezembro.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!