Audiência Pública na Câmara de Escada discutiu situação fiscal e atraso nos salários

By Sanchilis Oliveira - 09:55

O Secretário de Finanças afirmou que prefeito se comprometeu com o ministério público local, em pagar até 31 de dezembro todas as pendências com folha de pagamento.

Audiência publica na Câmara de Escada sobre a situação fiscal do município. Foto: Sãnnchyllys Oliveira
Na manhã de ontem (15/10) na Câmara Municipal da Escada, ocorreu uma audiência publica sobre o quadrimestre das finanças municipais, a mesma foi solicitada pela gestão. Estiveram presentes na audiência os vereadores Rinaldo Lima (PV), Paulo Sávio (PSDC) e Flávio Rodrigues (PSL), representando o governo estiveram presentes o secretário de finanças Cícero Pereira e o Contador da Cesplan (empresar terceirizada) Wilmar Peres, além dos representantes dos funcionários públicos efetivos e contratados, Flávio Pereira (guarda municipal), Eliene Carvalho (auxiliar administrativo efetiva), Willian Felix (técnico em enfermagem efetivo), Diógenes Rocha (representante da comissão dos contratados), e Roseane Oliveira (presidente do SindProme), também marcou presença o vice-prefeito de Escada Irmão Lailton (PTB). 

Wilmar Peres representante da Cesplan, empresa terceirizada prestadora de serviços para a prefeitura de Escada
Foto: Sãnnchyllys Oliveira
"Quadrimestralmente iremos fazer essas audiências públicas evidenciando as políticas ficais do município de Escada" afirmou Wilmar Peres. 
O mesmo fez uma explanação sobre a situação fiscal de Escada, o mesmo demonstrou gráficos e tabelas com despesas e receitas do município, segundo as informações mostradas Escada arrecadou no último quadrimestre pouco mais de 59,4 milhões e gastou em despesas 59,8 milhões, estando com deficit e saldo negativo. 

Cícero Pereira secretário de finanças do município de Escada.
 Foto: Sãnnchyllys Oliveira 
O secretário de finanças Cícero afirmou que o município já investiu pouco maus de 28% com educação, segundo ele investindo mais do que o exigido pela lei que é de 25%, sendo investido no último quadrimestre pouco mais de 45 milhões.

Os dados mostrados pelos representantes provam que o município tem receita para pagar os salários em dia, indagado o representante da Cesplan disparou "evidentemente que o município está em crise, e que terá contas a pagar" justificou Wilmar. 

O presidente da Câmara Municipal Rinaldo Lima retrucou "a educação não era para esta com atraso nos salários, porque tem receita para andar com as próprias pernas, vimos que o município tem dinheiro"

Cícero pereira secretário de fianças, indagado pelo vereador Flavio sobre uma data para o pagamento dos funcionários, afirmou "é um compromisso do prefeito com o ministério público em pagar todas as pendencias até 31 de dezembro". A declaração causou tumulto no plenário e no auditório da casa legislativa que estava repleta de funcionários e cidadãos comuns.

Ao fim da audiência ficou esclarecido que o município tem dinheiro, mas a prefeitura através dos seus representantes não definiram uma data para quitar os salários atrasados dos funcionários.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!