Dirceu pode ter novo emprego para ganhar R$ 2.100

By Sanchilis Oliveira - 12:45

Blog da Folha

José-Dirceu-preso

O ex-ministro da Casa Civil, José Dirceu, condenado como mentor no processo do mensalão, apresentou à Vara de Execuções do Distrito Federal um novo pedido para trabalhar fora do presídio. Ele foi convidado pelo advogado José Geraldo Grossi para cuidar de sua biblioteca de 2 mil livros. De acordo com o advogado, com salário de R$ 2,1 mil, o petista irá fazer pesquisas e também auxiliar na administração do escritório.

Ao ser indagado sobre a importância da contratação de Dirceu, o advogado respondeu: “Diria que seria necessária a contratação. Não seria importante, nem desimportante, seria necessária”.

Grossi é advogado do deputado Eduardo Azeredo (PSDB-MG) na ação que trata do mensalão mineiro e negou que haja algum conflito entre a oferta de emprego a Dirceu e seu cliente. “Não tem nada a ver. Não há nenhuma guerra entre o PT e o PSDB, eu advogo para vários partidos, PSDB, PTB, não tem nada a ver”, afirmou.

O horário do ex-ministro seria das 8h às 18h, igual ao horário dos outros funcionários, no escritório que foi classificado pelo advogado como pequeno e “quase artesanal”. O escritório também atua na Justiça Eleitoral na defesa do ex-presidente Lula (PT).

“Não faço julgamento de condutas anteriores”, disse Grossi.

Ainda de acordo com o advogado, não houve pedido de Dirceu para a oferta de emprego. “Somos amigos há mais de 20 anos. Nunca pedi um favor a ele e nem ele a mim”, completou. As informações são de O Globo.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!