Mototaxista: A importância da regularização da profissão em Escada

By Sanchilis Oliveira - 02:22

Regulamentação das profissões de mototaxista e motofrete, sinal de segurança e confiabilidade aos usuários do serviço.

mototaxiAs profissões de mototaxistas e motofrete devem ser regulamentadas para trazer segurança aos condutores e usuários do serviço, porém a idéia de legalização deve surgir do poder público local. Com o convênio com o DETRAN para oferecimento a baixo custo da CNH (carteira Nacional de Habilitação) e o curso de capacitação para condutor. As motocicletas deverão ter equipamentos de segurança como mata-cachorro e antenas corta-pipas. Os mototaxistas e motofretistas deverão realizar o curso obrigatório de 30 horas-aula para o exercício da atividade. De acordo com a Lei 12.009, para o exercício do moto-taxi e do motofrete é necessário que o profissional tenha completado 21 anos, possua habilitação por pelo menos dois anos na categoria A, utilize colete de segurança dotado de dispositivos retrorrefletivos e seja aprovado em curso especializado. O curso deve ser ministrado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran) ou por instituições autorizadas. Outro requisito para o exercício da atividade é a autorização do poder público e o registro da motocicleta na categoria aluguel (placas vermelhas). Também é importante que haja um sindicato da categoria para manter a organização. Só com essa iniciativa todos os mototaxistas poderão conduzir seus veículos em plena paz e oferecendo segurança e confiabilidade aos usuários do serviço.

Redação do Escada News

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!