Câmara de Escada vota contas do ex-prefeito Zé Alves

By Sanchilis Oliveira - 01:08

Parecer do tribunal de contas de Pernambuco é aprovado deixando Zé Alves inelegível por oito anos

Nesta terça-feira em seção ordinária na câmara de Escada as contas do mandato do ex-prefeito José Alves da Silva relacionadas aos anos 2001 e 2002 foram à plenária para votação favorária ou contrária aos pareceres do tribunal de contas que aconselhavam os vereadores a rejeitarem as contas do ex-prefeito enquadrando o mesmo na lei da ficha limpa que consequentemente o deixou inelegível.

SAM_0017Em votação secreta os dez vereadores depositaram seus votos que na primeira votação relacionada as contas de 2001 foi favorável a Zé Alves por sete a três, porém a segunda votação foi contraria tendo cinco votos a favor da condenação e cinco contra que o deixou com a ficha suja para os pleitos eleitorais de 2012, 2014, 2016 e 2018, pois para o parecer ser rejeitado se fazia necessário que 2/3 dos vereadores, ou seja, sete votassem contra o parecer do TCE e a favor do ex-prefeito.

O ex-prefeito pretendia ser candidato a vereador nas eleições de outubro pelo PSB, porém com a decisão dos vereadores seus planos foram ofuscados e terá que cumprir sua pena, agora quem deverá ser candidato com seu apoio é seu filho Junior Alves.

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!