Sindicato pede prisão do prefeito de Cortês

By Sanchilis Oliveira - 12:09

geninho O Sindicato dos Servidores Municipais de Cortês e Barra de Guabiraba (SINSMUCBG) enviou uma petição, no último dia 8, para comarca de Cortês, um pedido de prisão para o prefeito José Genivaldo dos Santos (PSB), o Geninho. A prisão é referente ao descumprimento de decisão judicial, onde o sindicato ganhou, na Justiça, o direito do governo municipal não realizar os descontos nos salários dos professores que participaram de uma greve, reivindicando a implantação do piso salarial nacional dos professores, retroativos e cumprimento da lei municipal que estabelece o 14º salário.

Mesmo com a decisão judicial, o governo municipal realizou os descontos e levou o sindicato a peticionar o pedido de prisão e um estabelecimento de multa por dia descumprido.

O juiz da comarca, Hugo Vinícios de Castro Gimenez, já encaminhou o pedido de prisão ao Ministério Público de Pernambuco para averiguar a possível apropriação indébita por parte do prefeito de Cortês.

Edson Lima
Presidente do SINSMUCBG

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!