Fim da greve: Trabalhadores de Suape aceitam contra-proposta patronal após paralisação

By Sanchilis Oliveira - 12:08

Os trabalhadores das obras da Refinaria Abreu e Lima (Rnest) e da PetroquímicaSuape, no Complexo Industrial Portuário de Suape, parados há nove dias, votaram nesta manhã e aceitaram a contra-proposta patronal.
Com a resposta positiva à proposta, os servidores garantiram 11% de reajuste salarial, cesta básica de R$ 200 - o que representa um aumento de 25% -, folga de campo a cada 90 dias, ou seja, permissão para sair do alojamento e voltar para casa, além de passagem aérea para trabalhadores que moram a 1001 Km de distância , ou mais, do local de trabalho.
Na pauta de reivindicação dos 40.000 trabalhadores, havia 60 itens. Os nove dias de greve que paralisaram as obras da Rnest, na PetroquímicaSuape e em um dos trechos da ferrovia Transnordestina, em Dormentes (PE), serão abonados.

Do Folha Digital, com informações de Tatiana Notaro, repórter de Economia

  • Share:

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!