Eleição para a presidência da Câmara de Escada poderá não ocorrer

10:48

A eleição da mesa diretora para o biênio 2019/ 2020 foi adiada após faltar energia na Câmara de Escada.

Vereador Eduardo do Arretado (PP). Foto: Sanchilis Oliveira
Após o projeto de antecipação das eleição para presidência da Câmara de Escada ter sido aprovado, a turbulência no legislativo Municipal foi instalado. 
A votação que aconteceria no fim deste ano, foi antecipada para este mês. Com pressa em renovar seu mandato no comando da casa legislativa, o presidente Elias Ribeiro (SD), conseguiu uma dor de cabeça, já diz o ditado popular, "o apressado come cru", o que o parlamentar não contava, era com a possibilidade de seu adversário, vereador Eduardo do Arretado  (PP), conseguir articular a adesão de outros vereadores, hoje ele conta com o apoio de, Valdênia de Cássia (AVANTE), Marcos Santiago (PMN), Antônio Rufino Filho (PTB), Roberto do Pichá (PMN), e Sandra Valéria (MDB). 

Vereador Elias Ribeiro (SD). Foto: Sanchilis Oliveira

O atual presidente da Câmara conta com os votos dos vereadores, Cátia da Farmácia (PSC), Fernando Empreiteiro (PR), Gil Sat (PMB), e Karoly Feledi (PSB).
Já os vereadores Dêda Móveis (PDT), e Rogério  (PSD), não decidiram ainda em quem devem votar, os votos destes parlamentares serão decisivos na votação para o comando da Câmara Municipal.
VOTAÇÃO: A informação que circula nos bastidores da política, é que a votação não deverá ocorrer nem tão cedo. Isso seria uma estratégia do presidente para virar o jogo, e conseguir tempo para articular adesões para sua reeleição.
POPULAÇÃO: O tema que acabou se popularizando na sociedade escadense, deve criar ainda mais expectativas na população, isso porque o aditamento da votação, poderá criar na opinião pública uma rejeição ainda maior a atual composição da Câmara de Escada.
PERGUNTA QUE NÃO QUER CALAR: Quando acontecerá a eleição para presidência da Câmara de Escada? Ela ocorrerá?

You Might Also Like

0 comentários

Faça seu comentário aqui!

Twitter

Facebook